MOMENTO ODIN 4 – Segurança Aeroportuária

Programa MOMENTO ODIN
11/18/2020
Programa MOMENTO ODIN
11/25/2020

Com a pandemia, cerca de 22 empresas aéreas pararam de operar no mundo, segundo Jefferson Barbosa, especialista em segurança da aviação civil. Mas a Azul Linhas Aéreas, empresa na qual ele atua como Gestor de Segurança, há cinco anos, manteve as operações, graças a um plano sólido de gestão de mudança. Convidado do programa, ele fala sobre sua carreira, a segurança na aviação, órgãos reguladores e as tendências em Cyber Security.

 

Segurança em Cias. Aéreas e Cyber Security foi o tema dessa edição que tratou dos principais riscos na aviação brasileira e mundial. Foram apontados pelo convidado os seguintes riscos: o empoderamento ilícito da aeronave; bagagens e cargas com explosivos; tráfico de drogas e terrorismo na área aeroportuária, pois atinge muitas pessoas.

“Cada operação da aeronave tem 100 pessoas envolvidas. Mas, tem também os bastidores da aviação, não é só o aeroporto, a aeronave e o passageiro. Tem o transporte de cargas, a logística de cargas, tudo é um risco.  Mas, há processos que podem mitigar os riscos. Não só da segurança e da proteção, em si, mas também na esfera da Cyber Security”, comentou Jefferson.

 

Ele explicou que esse segmento tem uma legislação muito detalhada em procedimentos e que precisa ser cumprida com rigor. O principal documento é o Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil.  Este documento é um decreto presidencial colocando várias responsabilidades de órgãos e entidades envolvidas na aviação. Cita as convenções internacionais –  que tem como base – e coloca as responsabilidades do principal órgão de fiscalização, que é a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – que regula a fiscalização da aviação civil, garante os padrões e realiza as auditorias e inspeções nas áreas de administração aeroportuária.

 

Quanto à área de Cyber Security no Brasil ele afirma que está em processo de desenvolvimento. Foi criado, por exemplo, um grupo chamado BASEBrazilian Aviation Security. No ano passado teve a publicação dos membros desse grupo, todos indicados pelas empresas aéreas, pelos aeroportos e especialistas em segurança. “Eu sou um dos integrantes. Teremos quatro subgrupos de trabalho e um desses grupos vai atuar na elaboração de um manual de Cyber Segurança nacional”, contou.

 

Para assistir os detalhes sobre esses e os demais assuntos tratados nesse programa acesse na íntegra abaixo ou no link:  https://www.youtube.com/watch?v=K04mCkHwUGU

 

 

ORÇAMENTO